sábado, 24 de dezembro de 2016

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Agenda Dezembro

Show em Nova Lima , dia 8/12/16, às 10h, ( Mata do Jambreiro)
Participação nas oficinas do Drops Uniclown:
“PALHAÇOS, OBJETOS E PALHAÇOBJETOS”,
com Rodrigo Robleño, na quinta (8/12) e sexta (9/12), de 15 as 18h.
"BRINCADEIRAS E CANTIGAS",
com Rosângela Ribeiro, no sábado e/ou domingo, de 18 as 19h.

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Aqui a gente caça é saci


O TRABALHO DA ARTE

Chamar artista de vagabundo é fácil, quero ver fazer o que a gente faz. Valor do trabalho: 46 anos de poesia. Pra fazer uma caixa de cordéis sem patrocínio de ninguém é assim: Primeiro o escritor escreve, leva alguns meses escrevendo e revisando o texto e submetendo a outras leituras, depois criamos a capa ou chamamos outro artista pra criar a capa, um designer faz a montagem e envia para gráfica, mandamos para impressão que é feita por outro trabalhador, que é feito de papel que foi feito por um monte de trabalhadores na indústria, depois a gente cria a caixa, faz o esboço, manda para outro trabalhador, um marceneiro, fazer a caixa, depois dela pronta, um outro trabalhador faz o figurino da performance, depois do figurino, outro trabalhador faz o cenário, depois a gente envia o material para imprensa por meio de um trabalhador do transporte, depois um outro trabalhador, o jornalista, divulga, depois apresentamos o trabalho para o público num espaço em que um iluminador faz a iluminação do local da apresentação e um faxineiro limpa o local, neste local que foi construído por outro trabalhador. o público assiste à performance e tem acesso ao trabalho impresso, depois levamos os cordéis para o local onde será vendido por outro trabalhador. Sem contar o tempo de horas/bunda que fazermos de divulgação nas redes sociais. convidando e difundindo o trabalho. Depois o cordel voa por aí nas mãos de professores e leitores. Entendeu? Ou quer que desenha? Respeite o valor da arte. Arte é trabalho sério. Ricardo Evangelista, BH, 25/8/16.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

terça-feira, 26 de julho de 2016

quinta-feira, 7 de julho de 2016

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

terça-feira, 24 de novembro de 2015

In natura

Tenho um carinho muito especial por esse primeiro poema premiado em concurso " Rosas de Abril" - 1992. .

quinta-feira, 2 de julho de 2015

domingo, 24 de maio de 2015

Sarau Tropeirro em estúdio

Em estúdio Musicamais ( pela lente de Walmir Ribeiro)





sexta-feira, 22 de maio de 2015

Antenado com o mundo

O Sarau Tropeiro f az canção e poesia motivadas por ritmos regionais, ou seja, utilizamos o folclore através de uma motivação, Nesse momento trabalhamos com o tema do meio ambiente. Escolas e entidades ambientais, que estejam trabalhando essa temática, podem nos contactar, pra vivências, oficinas, shows e saraus. Enriqueça sua atividade  cultural e educativa. 


terça-feira, 19 de maio de 2015

domingo, 17 de maio de 2015

Sarau Tropeiro e meio ambiente

Valorização das Nascentes. Arte e educação. Criatividade, cultura e conteúdo.








Sarau Tropeiro, estradeiro!

Performance, poesia e canção. Arte e educação. Diversão, arte e diversidade. Abrindo caminhos.  Fotos por Walmir Ribeiro.








sábado, 7 de março de 2015

Arte e meio ambiente e lançamento de livro sobre os bichos




Show temático e performance e peripécias poéticas pelas ruas, “Desvio para o verde” com lançamento do livro "Trova torta quadra cega", de Ricardo Evangelista, dia 13 e 14/3/15, em Santa Bárbara/MG. O show temático traz a mensagem do meio ambiente, efeito estufa, importância da água, rio, árvores, proteção dos bichos e dos seres humanos. Um viva a vida!

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Missão do Sarau Tropeiro

Nossa arte tem missão de: contribuir para o engrandecimento do evento social  com cultura e arte de qualidade, respeitando a inteligência dos seres humanos. A  arte é uma foma simbólica de enriquecer nossa compreensão sobre nós mesmos e sobre o mundo. Comunicando novas ideias, sentimentos e emoções, comunicação consigo , comunicação com os outros e com o mundo, comunicando com o sagrado e o divino. Socializando as pessoas e permitindo a inclusão e a transformação social.  Arte é o principal instrumento para socializar crianças e jovens/adultos em projetos sociais com resultados positivos. Arte desenvolve o lado sensível e perceptível das pessoas, ampliando a capacidade de análise, crítica e envolvimento com as questões sociais da atualidade ( meio ambiente, questões de gênero, amor, paz, cultura mineira, etc.). Valorizar a cultura mineira e brasileira e lutar pela proteção da vida. 

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Poesias de Ricardo Evangelista

"VERSOS I ANDANÇAS"
Caminhando por várias cidades do interior de minas o poeta Ricardo Evangelista, acompanhado do fotógrafo Marco Llobus registram uma pequena parte das muitas manifestações artísticas das terras das Minas Gerais.
A partir dessas "andanças" por Ouro preto, Diamantina, Arcos, Vai-Volta/Teixeiras,Santa luzia, Jequitibá, vão levando arte e encontrando artistas anônimos que fazem a genuína arte dessas terras. 
Através da lente de Marco Llobus percebemos momentos de intensa expressão artística, muito distantes da grande mídia, porém valiosíssimas. 
Com fotos em preto-e-branco, coloridas ou mesmo com interferências digitais, 
sobrepostas por poemas que buscam revelar a beleza dessa gente que sofre, sua, canta e embala sonhos. 
São violeiros, artistas de circos, congadeiros e poetas. 
É a alma da arte popular brasileira, sem mascaramentos.

Veja poemas de Ricardo Evangelista e fotos com interferências digitais de Marco Llobus aqui.( 2004).